21 de abr de 2015

{Resenha} O Último Homem do Mundo, de Tais Cortez - Larysa

Olá pessoas! A resenha de hoje é de "O Último Homem do Mundo", de Tais Cortez, cujo primeiro livro também li e resenhei "Golfinhos e Tubarões - O Outro Mundo".

Título: O Último Homem do Mundo;
Autora: Tais Cortez;
Páginas: 224;
Editora: LER Editora;

Amanda é uma garota rebelde e problemática. Filha de Patrícia Oliveira, uma atriz mundialmente famosa, ela se ressente do comportamento da mãe, que trabalha demais e dedica seu pouco tempo livre para namorar. Depois de ser expulsa dos três últimos colégios, Amanda é matriculada contra sua vontade no Educação de Elite, o colégio interno mais renomado do país, onde apenas os filhos da elite nacional estudam. Determinada a conseguir mais uma expulsão, ela é capaz das maiores loucuras, mas seus planos acabam sendo frustrados por suas colegas de quarto, por uma inspetora intrometida e um diretor paciente. Lá ela também conhece Ricardo, o garoto mais popular e mulherengo do colégio. A atração entre eles é imediata, mas isso não impede que se odeiem ferozmente e que façam de tudo para prejudicar um ao outro. No entanto, o destino os forçará a unirem forças por um bem maior, e Amanda perceberá que, às vezes, o último homem do mundo de sua consciência pode ser justamente aquele que seu coração decide escolher.


"O Último Homem do Mundo" nos trará a história de Amanda, uma adolescente dita problemática, com uma mãe mundialmente famosa, que em seu costume de ignorá-la, após sua terceira expulsão, a matricula no "Educação de Elite", o colégio interno mais renomado do país, onde apenas os filhos da elite nacional estudam. Com raiva, sua prioridade se torna mais uma expulsão, que infelizmente (no momento) é fracassada e logo se vê envolvida com o ambiente e negativamente com Ricardo, o estereotipado (estou amando essa palavra) garoto popular, que com o tempo, descobriremos junto de Amanda, não ser tão típico assim.

Falando analiticamente do livro, eu não poderia deixar de mencionar "Golfinhos e Tubarões - O Outro Mundo", ao contar-lhes sobre a escrita simples e a narrativa envolvente da Tais, pois ambas mostraram que seus elementos (incluindo a narrativa e primeira pessoa) já são marcas da autora. Em "O Último Homem do Mundo", ela manteve a simplicidade e intensidade do jogo de palavras, que combinadas à fluidez do enredo, trouxeram a perfeita abordagem do amadurecimento juvenil referente ao amor, tanto próprio, quanto por outro ser. Quanto às descrições, foram pouco detalhadas para locais, mais extensivas para pensamentos e emoções, refletindo a personalidade de nossa protagonista e trazendo uma sensação intimista para o leitor.

Seus personagens, assim como no primeiro livro, foram marcantes e singulares, porém seus passados não me pareceram tão bem explorados a nível de comunicação, de interferência não superficial no presente da história. Em compensação, o enredo terminou bem amarrado, e apesar de se ater a questões morais apenas em relação ao "universo" de "O Último Homem do Mundo", ao adentrarmos na "bolha" criada pela narrativa da autora, somos acometidos por ondas sentimentais de todos os tipos, variando de acordo com a situação. Inclusive, esse é um dos fatos que me fazem apaixonada por tudo o que a Tais escreve, pois é uma das escritoras que conseguem arrancar de mim reações emocionais.


No fim, o que me faz indicar essa história a todos aqueles apaixonados por romances, é o conjunto de tudo o que falei e mais o que não posso contar por ser spoiler. Essa pequena parte da vida de Amanda, sua transição de ideais e construção de caráter, foram fascinantes e garanto que não há como alguém não encontrar um pouco de si ou pelo menos simpatizar com as dúvidas e confusões que os dramas familiares e os amores adolescentes nos trazem.

5 comentários:

  1. Oii, Ly
    Adorei sua resenha! Obrigada :)
    Fico muito feliz q tenha lido e gostado dos meus dois bbs.
    Achei sua análise sobre minha escrita e o enredo super interessantes!
    Agora q venha o terceiro hehe
    Bjssss
    e sucesso ao blog!

    ResponderExcluir
  2. Adorei sua resenha, deu muita vontade de ler.
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Adorei sua resenha, deu muita vontade de ler.
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Amooo Comedia romântica e amo mais ainda os livros da Tais Cortez. Ohhh, mulher que veio com o dom de escrever.
    Amei a resenha e o blog também não conhecia.

    Beijos Bella

    ResponderExcluir
  5. Adorei seu blog!
    Parabéns e sucesso!
    Abraços,
    carolnagliati.blogspot.com

    ResponderExcluir

Olá leitor!!!
Obrigada por dividir sua opinião :*
Saiba que seu comentário muito provavelmente vai me deixar (Laryssa) pulando de alegria (literalmente, sou beeeeem exagerada :p).
Se você quiser que ele seja respondido, deixe um link, caso contrário, eu o responderei aqui mesmo no blog, tudo na medida do possível.
Beijoooooos *-*

Código by: The Dawn of Art Designs(http://thedawnofartdesigns.blogspot.com.br//) | Layout/Design by: Ana Zuky | Todos os direitos reservado ao blog Resenhas Teen