{Tag} Meus livros, ninguém sai! - Laryssa e Bruno

Olá pessoas! Hoje é dia 30, portanto, trouxemos a vocês uma tag literária baseada no vídeo "Meus óculos, ninguém sai!". Minhas respostas (Laryssa) estarão em itálico e as do Bruno normais. Espero que gostem!
Todas os livros que tiverem resenha terão o link no nome :p

1."Ei coisinha, vá devagar": Sabe aquele livro que você devorou rapidamente? Qual foi ele?




Acho que já tiveram uns dois ou três livros que eu li em um dia (ou pelo menos, 24 horas), mas sempre que penso no que li mais rápido, a primeira resposta que me ocorre é "As Vantagens de Ser Invisível". Eu o ganhei no natal de 2012 e li em pouco mais de três horas. E depois me senti mal, por ter sido tão rápido, e desde então, já devo te relido umas oito ou mais! Ele é lindo <3. Conta a história de Charlie, que nos conta seu dia a dia através de suas cartas.






Li "Apenas Amigos", de Bruna Souza, em poucas horas. Ele traz a o desenvolvimento de Lucas e Maya, que "inesperadamente", começam a perceber que sentem algo além de amizade um pelo outro. A história é bem leve, as maiores preocupações estão nos sentimentos dos personagens e tudo é tratado com uma pitada de humor romântico. Caso alguém se interesse, ele está completo no wattpad, sem data para retirado.






2."Eu vou me segurar aqui": Qual livro te prendeu?


O último livro lançado pelo Dan Brown, "Inferno". Eu já havia lido uma de suas obras anteriores, mas a capa de "Inferno" me chamou muito a atenção quando ele foi lançado, e eu acabei comprando. Muitas pessoas dizem que o Dan mudou um pouco sua forma de escrita nesse último romance, deixando de lado seu "padrão" já característico e surpreendendo a todos que já estavam acostumados com suas histórias. Recomendo imensamente a todos que tenham um gosto pela literatura policial. Tomem fôlego antes de começar, ou podem acabar desmaiando! ;D




"Gata Branca" e sua sequência "Luva Vermelha", de Holly Black, foram livros que me prenderam do começo ao fim, devido seriedade e realidade da escrita da autora e a força da personalidade de Cassel, que traz questionamentos a mente de qualquer um, por conta de sua vida criminosa, mas culpada.







3."Se eu cair eu quebro a minha clavícula": Qual obra te desestabilizou emocionalmente? 


A Comissão Chapeleira, poderia se encaixar em três dos tópicos da TAG, sendo eles os números 2, 6 e 7. Sem contar é claro, no número três. O motivo pelo qual eu o coloquei aqui, ao invés de em um dos outros é que, existem muitos outros livros que se encaixam neles, porém, obras que me desestabilizaram emocionalmente foram relativamente poucas. E "A Comissão Chapeleira" está em primeiro lugar. Chorei durante muitas (Muitas mesmo!) cenas. Uma em específico me fez ficar vermelho a ponto de não conseguir me controlar. Eu estava dentro de um trem lotado, a propósito.



“Proibido”, de Tabitha Suzuma foi oi último livro que me fez sentir tudo: apaixonei-me pelos personagens, me indignei com a vida que as pessoas os obrigavam a viver, chorei horrores em diversos momentos e senti um vazio irreparável no final. O livro é sobre um tabu, por isso não recomendo que procurem saber sobre ele, apenas leiam, pois faz toda a diferença.





4."MEU ÓCULOS, ninguém sai!": Qual livro você não empresta ou tem muito ciúmes? 



Normalmente eu não tenho assim tanto ciúmes dos meus livros a ponto de não emprestar. Eu empresto, desde que a pessoa se comprometa a não avacalhar com meu exemplar né! Mas um livro do qual tenho ciúmes, é Morte Súbita. Foi o primeiro livro de que tive notícia de que a J.K. Rowling lançou logo após Harry Potter. Eu vi um monte de gente comprando, postando fotos e se gabando, haha. Fiquei um longo tempo só babando. Então, tenho um bocado de ciúmes dele, mas ainda assim, não tenho problema em emprestá-lo. Ah, além de tudo, eu o ganhei de presente de uma pessoa muito especial.


Para falar a verdade, eu não tenho problema em emprestar meus livros, apesar de já ter perdido alguns por causa disso. O único que me questiono se conseguirei caso alguém peça, é “O Ladrão de Raios”, de Rick Riordan, mas não pelo conteúdo, apesar de ser um dos meus livros favoritos, e sim pelo seu físico mesmo. O mencionei na tag feitiços de Harry Potter e coloquei uma foto para exemplificar as marcas, arranhões e desgastes que possui e estão ligados a acontecimentos marcantes da minha vida.



5."Juliana você viu meu óculos?": Qual livro você emprestou e nunca mais viu na vida? 

Essa é uma que eu vou ficar devendo. Não tenho nenhum livro que emprestei e não devolveram. Desculpem... Rs'




“Suicídios em Bom Jesus”, de André Tressoldi, foi o mais recente, mas como tenho os contatos da pessoa, a esperança não morreu. Já “Cinquenta Tons de Cinza”, eu emprestei a uma pessoa que permitiu que passasse de mão em mão e já faz dois anos que não o vejo.









6."Juliana tá DES-MAI-ADA!!!": Qual livro te deixou com ressaca literária, sem poder ler outros livros?

Tive ressaca literária poucas vezes, mas a mais forte de todas foi com certeza, culpa de Harry Potter. A saga foi quem me introduziu na literatura, então imaginem comigo: Eu nunca tinha lido, nada além de turma da Mônica. De repente, encontro uma história que me interessa, e ela se mostra fantástica. Você lê pela biblioteca da escola (O que estendeu o tempo de leitura, já que eu precisava esperar que devolvessem o livro seguinte ao que eu estava lendo.) e quando acaba, um sentimento surge. Pleno e avassalador. E agora, o que eu vou fazer da minha vida? Kkkkkk (Eu tinha onze anos galera, eu REALMENTE pensei isso.) 





O último foi “Proibido”, mas como já falei dele, a mais de um ano estive nessa situação com “Belo Desastre”, que não importa o que digam, eu amo, apesar de ter me decepcionado com a versão do Travis. Li “Easy” logo que acabei e não consegui tirar proveito, depois dele, fiquei quase duas semanas sem ler. Mas só para constar, nada se compara com o que senti com o livro da Tabitha.






7."Shamuchamochamu chama o SAMU!": Que livro te deixou louco pela continuação? 



"Coração de Tinta". Apesar de ter lido em uma época em que ambas as duas continuações já haviam sido lançadas, eu ainda não pude comprá-las e ler. Até hoje dá certa dorzinha no coração ao saber que ainda existem duas histórias do Mundo de Tinta que eu ainda não conheço. </3









“O Teste”, me deixou louca para ler “Estudo Independe”, que fez o mesmo para “A Formatura”. Eu amo toda a política, o conceito de inteligência e assuntos críticos que o livro aborda. O melhor é que é tudo abafado, é necessário esforço para ver as entrelinhas que o diferenciam do esquema comum em distopias. E claro, eles possuem um acontecimento inesperado/reviravolta e um questionamento de “o que está por vir?” no último capítulo.





8."Eu errei, viu?": Escreva aqui um pouco sobre aquele livro que você achou se seria uma coisa e é outra! 

Existe muita expectativa em cima do nome Agatha Christie. Os Elefantes Não Esquecem foi a primeira obra da autora que eu tive contato. Logo apos ter lido Inferno, e definitivamente achando que me apaixonaria por toda literatura policial que eu leria a partir dali, procurei pela Agatha, que todos dizem ser a rainha no gênero. O livro foi bom, admito. Mas não passou disso. Na metade da história eu já tinha desvendado o mistério e pareceu tudo muito parado pra mim. Depois desse clássico, li O Mistério de Sittaford, da mesma autora. Gostei um pouco mais em relação a esse, mas ainda estava abaixo da minha expectativa para a grande Agatha Christie. Eu ainda espero amar um de seus livros, da forma que muitos amam. Então por favor, alguém indica algum?




Achei que “Gears of War: Fim da Coalisão” seria mais próximo do jogo em que foi baseado, com mais ação e esclareceria algumas questões, mas acabou focando na vida e dilemas dos personagens e trabalhando a política da realidade do mundo naquele momento.







E era isso pessoas! Espero que tenham gostado e quem responder essa mesma tag, por favor, deixe o link nos comentários par que possamos conhecer!
Um beijo e boas leituras!

Comentários

  1. Oii
    Eu já respondi essa TAG e adorei a experiência. Gostei bastante das respostas de vocês e dos livros escolhidos. Alguns eu já conhecia, outros são novidade para mim. Ah! Pra quem leu apenas Coração de Tinta e quer ler os outros dois, bate aqui que tamo junto.
    Um grande beijo

    Vidas em Preto e Branco 

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Olá leitor!!!
Obrigada por dividir sua opinião :*
Saiba que seu comentário muito provavelmente vai me deixar (Laryssa) pulando de alegria (literalmente, sou beeeeem exagerada :p).
Se você quiser que ele seja respondido, deixe um link, caso contrário, eu o responderei aqui mesmo no blog, tudo na medida do possível.
Beijoooooos *-*

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha: Enquanto Houver Vida Viverei - Laryssa e Milena

Resenha: Letras Finais - Luís Dill - Gui

Resenha: A Outra Face - Deborah Ellis - Gui