25 de mai de 2014

{Tag} Feitiços de Harry Potter - Laryssa

Olá pessoas! Já faz meses (eu acho) que não posto alguma tag por aqui,e quado vi essa específica no blog Tô Pensando em Ler, da Alexadra Tapias, me animei em trazê-la a vocês. Quanto aos livros, não trarei fotos de todos por motivos de: estou editando esse post a mais de uma semana e duas respostas mudaram, mas colocarei as imagens das capas como sempre.

A TAG foi criada pelo canal Turtle Sympathy e traduzida pelo Leitora Voraz.


1. Expecto Patronum: um livro relacionado a boas memórias;


Ladrão de Raios - Percy Jackson & Os Olimpianos #1 - Rick Riordan




Ah, doce época em que conheci a escrita do tio Rick... Foi um momento de transição, quando meu "eu" infantil despedia-se tardiamente e com muita tristeza, deixando espaço para a infame realidade que era minha vida. Durante o ano seguinte, o verdadeiro motivo desse livro me trazer boas memórias, foi a única ancora à alegria que tive. Conseguem ver esses furinhos na foto com a parte da caneta onde lê-se "Pertence a Percy Jackson"? São marcas de mordidas, essas dadas pelo velho gato de minha avó, Mister. Até hoje não sei o que aconteceu com ele, disseram-me que nunca voltou de uma de suas saídas diárias. Desde então, li esse livro mais 4 vezes (suas 4 sequências mais 3) e em todas, suas gracinhas e interesse ao se esconder em minhas cobertas são nítidas e remetem a tantos outros momentos aconchegantes nos quais ele me acompanhou ao ler os livro que fizeram de mim uma leitora: "Harry  Potter", "Trilogia do Universo", "Crepúsculo", "Diários do Vampiro"... Além de toda nostalgia que Rick Riordan me traz, "meu leãozinho" sempre estará unido a ele para trazer um sorriso ao meu rosto.


2. Expelliarmus: um livro que te pegou de surpresa;


Memórias Fictícias - Carina Corá


Quando comecei a ler "Memórias Fictícias", não dava nada pelo livro, a sinopse até me instigava, mas a arte dele, até então, trazia consigo uma sensação de calmaria e "coisa chata". Quase cai da cadeira quando tudo começou a acontecer. Esse livro também se encaixaria em 'Crucio', pois os sentimentos que transmite ao longo da leitura são viscerais e é quase impossível discernir a dor das personagens da sua. Tentei me explicar melhor na resenha, mas já alerto, como disse meu mais sincero crítico (Thiago, do 'Entre Livros e Afins'), a interpretação desse livro é bem variada entre os leitores e a teoria dele é mais distante e baseada em ideais, enquanto a minha é sensitiva.




3. Prior Incantato: o último livro que você leu;


As Parceiras - Lya Luft


Completamente incrível! É um livro capaz de tocar a alma, de forma simples trata de tantos sentimentos que é impossível largar. A escrita da Lya me surpreendeu, não esperava algo assim e apesar do final "entenda como quiser", se tornou favorita por sua aura de reflexão não explícita.







4. Alohamora: um livro que te apresentou a um gênero que você não tinha considerado antes;


Lolita - Vladimir Nabokov




Não foi bem gênero, mas ele com certeza quebrou uma ideia que eu tinha. Inclusive, soube hoje que ele tem sido comentado devido a algumas interpretações consideradas errôneas pelo contexto da época em que se passa, mas como dizem: cada um pensa como quer.

"Lolita", de Vladimir Nabokov (sem foto por meu bebê estar emprestado) me mostrou que um livro clássico não precisa ser chato e fez com que percebesse que gosto de discutir temas polêmicos, com pessoas que escutem o que tenho a dizer, já que farei o mesmo com elas - mesmo não querendo, mantenho a boca fechada, é minha natureza - e não venham com pedras nas mãos, pois para mim, não há o que me irrite mais do que teimosia e ignorância não justificadas, já que não é difícil ouvir e depois, se quiser, ignorar.




5. Riddikulus: um livro engraçado que você leu.


Rico e Joana em: O Pirulito Assassino - Maria Gomes Silva




Mencionei o livro no post sobre os erros de gravação que eu e a Milena cometemos e ela disse: "ela ria tanto, que eu ria da cara dela". Pois é, relembrando o que escrevi na minha resenha, a característica mais marcante do livro é a disposição para o humor. Não aquele negro, que nos faz ter pena do personagem, porém aquele que nos permite rir livremente com a piada mais simples ou a situação mais inoportuna, inesperada e improvável.


Resenha: Rico e Joana - Laryssa.


6. Sonorus: um livro que você acha que todos deveriam conhecer.


Darkest Power - Kelley Armstrong




Por incrível que pareça, não tenho o costume de ler livros dos quais estão todos falando ou que foram recém lançados e por isso, nesse tipo de pergunta, fico com mil histórias girando em minha cabeça. Mas a queridinha da vez é a trilogia "Darkest Power", da Kelley Armstrong. Amei demais os dois primeiros volumes porém, guardo um pequeno medo de ler o terceiro. A grande diferença nele é que trata de necromantes e o mocinho, até o momento, não é bonzinho nem bad booy, mas sim um esquisito e apaixonante anti-heróiO que me ganhou desde o início foi que o romance está em segundo plano e a autora, apesar dos erros de continuidade que mencionei nas resenhas (estas muito antigas, portanto de linguagem agora incomum a mim), sua narrativa lenta e direta é o posto do que estou acostuma e do mesmo modo, amo.

Resenha de Invocação #1 (05/08/12) e Despertar #2 (09/11/12).

7. Obliviate: um livro ou spoiler que você gostaria de esquecer ter lido.


A Marca de Atena - Rick Riordan


Por um tempo, pouco depois do lançamento se bem me lembro, rolou em algumas páginas que eu amava, spoilers do final de "A Marca de Atena", terceiro livro da série "Os Heróis do Olimpo", sequência mais madura e um tanto cansativa de "Percy Jackson & Os Olimpianos".


Nunca me esqueci e como a capa do quarto volume, "A Casa de Hades", também é um spoiler, jamais vou esquecer, apesar da força de vontade. Agora vou esperar o lançamento do último livro para ler todos de uma vez, sem contato com a internet, para evitar todo e qualquer detalhe e ter tempo de esfriar a angustia pelo que sei que me aguarda.


8. Imperio: um livro que você teve que ler para escola.


Enquanto Houver Vida Viverei - Julio Emílio Braz




"Enquanto Houver Vida Viverei" é o típico livro que só serve para informação. Não possui sentimentos, a história é breve e irreal. Simplesmente decepcionante.
Eu e a Milena fizemos uma resenha em dupla como trabalho e postamos aqui no blog. Nela, tentamos explicar melhor nossos argumentos e apontar alguns pontos positivos no livro pelo quesito qualidade em seu objetivo, pois de gosto...

Resenha: Enquanto Houver Vida Viverei - Laryssa e Milena.




9. Crucio: um livro que foi doloroso para ler.


O Guardião de Memórias - Kim Edwards


Li esse livro a uns três anos (eu acho) e sentia-me triste e esperançosa para com as personagens ao mesmo tempo, principalmente ao considerar os motivos por trás de suas ações. Chorei com ele e quando o ganhei, não tive coragem de reler, por mais necessário que o veja.








10. Avada Kedavra: um livro que pode matar (interpretação livre).


Filha da Floresta - Juliet Marillier




"Filha da Floresta" pode te matar de amor, tristeza, esperança, choque... O que eu tenho certeza é que ele passa uma lição de moral enormme, fez com que eu repensasse meus princípios e minhas escolhas. Sorcha é uma das melhores personagens que já vi, uma heroína não por sua beleza, inteligente ou revolta. O é por ser forte, ter coragem e nunca por a si em primeiro lugar. Ela sofre, aguenta coisas que uma criança ou adolescente sequer devia conhecer e se sacrifica por seus irmãos com todo seu amor. Essa história e seu final parcialmente feliz possuem uma continuação não expressamente conectada, mas que promete ser tão forte quanto.


Era isso por hoje gente! Nos vemos quando a vida permitir, tenham boas leituras e me digam: já leram algum desses livros? Quais seriam suas respostas?
Beijos e boa semana!

Um comentário:

  1. Adoro essa tag! <3
    Gostei muito das suas respostas, ainda não li a série Percy Jackson, mas pretendo ler esse ano, já tem um tempinho que tenho os livros na estante e adoro os filmes! Quero muito ler Memórias Fictícias, pois ainda não sei o que esperar dele.

    Obrigada pelo carinho. Beijos :*
    Claris - Plasticodelic

    ResponderExcluir

Olá leitor!!!
Obrigada por dividir sua opinião :*
Saiba que seu comentário muito provavelmente vai me deixar (Laryssa) pulando de alegria (literalmente, sou beeeeem exagerada :p).
Se você quiser que ele seja respondido, deixe um link, caso contrário, eu o responderei aqui mesmo no blog, tudo na medida do possível.
Beijoooooos *-*

Código by: The Dawn of Art Designs(http://thedawnofartdesigns.blogspot.com.br//) | Layout/Design by: Ana Zuky | Todos os direitos reservado ao blog Resenhas Teen