26 de fev de 2014

Resenha: O Natal de Poirot - Agatha Christie - Gui

Oi leitores! Saudades de vocês! Trago hoje uma resenha de um dos meus livros preferidos da escritora Agatha Christie, espero que gostem!


Título: O Natal de Poirot;
Autor(a): Agatha Christie;
Páginas: 224;
Editora: Nova Fronteira;


"Véspera de Natal. A reunião da família Lee é arruinada pelo barulho ensurdecedor de móveis sendo destroçados, seguido de um grito agudo e sofrido. No andar de cima, o tirânico Simeon Lee está morto, numa poça de sangue, com a garganta degolada. Mas quando Hercule Poirot, que está no vilarejo para passar o Natal com um amigo, se oferece para ajudar, depara-se com uma atmosfera não de luto, mas de suspeitas mútuas. Parece que todos tinham suas próprias razões para detestar o velho..."

Quem diria que uma reunião de família, que parece ser a coisa mais aceitável em uma véspera de natal, iria acabar em morte, ou melhor, no assassinato do patriarca.


A família Lee finalmente estava se reunindo depois de muitos anos; os irmãos Lee, Alfred, George, David e Harry, se reúnem á pedido de seu pai, Simeon Lee. Mas eles se perguntam o porquê dessa convocação, já que seu pai, digamos, não foi a melhor coisa que aconteceu na vida deles.

Mesmo com suas dúvidas, os irmãos resolvem voltar (menos Alfred, pois esse ainda mora lá) a mansão onde cresceram´, para descobrirem o que seu pai tem de tão importante a dizer. mas, como todos previam, esse encontro não vai ser nem um pouco agradável e a chegada de dois visitantes inesperados inquieta mais os ânimos dessa família.

E, quando a situação parecia que não poderia ficar pior, barulhos de móveis sendo derrubados são ouvidos no andar de cima, seguido de um grito medonho e horrendo, como de um porco sendo morto...

"Quem poderia imaginar que aquele velho guardasse tanto sangue dentro de si?"
Degolado, no chão, ao lado da lareira, está o corpo sem vida de Simeon Lee. Pai, marido, milionário, odiado... Todos naquela casa tinham motivos para matá-lo, seus filhos, as esposas deles e, quem sabe também, as duas visitas inesperadas.

Cabe ao investigador Hercule Poirot solucionar um caso tão confuso quando o relacionamento dessa família. Mas ele vai descobrir que, quando se descobre um segredo sobre o passado de uma família, normalmente ele não vem sozinho...

Pois bem, pra início de  conversa, Agatha é diva, sem menos... Amo o fato dela ter criado um investigador como Hercule Poirot, que cai de cabeça nos casos e que revela detalhes de sua investigação para o leitor mas não ao ponto de o mistério perder a graça.

Em O Natal de Poirot, o investigador continua com seu estilo clássico de investigação clássico, mas terá que se manter mais atento aos detalhes e às circunstâncias pois, uma coisa é um simples assassinato, outra é um assassinato cometido em um lugar com tanto ódio e rancor como aquela casa.

Acho brilhante o modo como Agatha descreve o núcleo familiar, faz a história parecer mais vívida e real. O maneira como ela escreve a história faz com que tenhamos a certeza de que tal personagem seja o assassino e depois pensamos que outra pessoa cometeu o crime.

Se você gosta de investigação, mortes e surpresas inesperadas, eu indico O Natal de Poirot. Você não vai se arrepender...

Boa leitura,
Gui.

Um comentário:

  1. Faz um tempão que não pego nada da Agatha Christie para ler. Também, até hoje, acho que só li uns 4 ou 5 livros dela, mas adoro. Sempre digo que uma das minhas metas literárias de vida é ler todos os seus livros. Vamos ver se consigo um dia...

    Um beijo, Livro Lab

    ResponderExcluir

Olá leitor!!!
Obrigada por dividir sua opinião :*
Saiba que seu comentário muito provavelmente vai me deixar (Laryssa) pulando de alegria (literalmente, sou beeeeem exagerada :p).
Se você quiser que ele seja respondido, deixe um link, caso contrário, eu o responderei aqui mesmo no blog, tudo na medida do possível.
Beijoooooos *-*

Código by: The Dawn of Art Designs(http://thedawnofartdesigns.blogspot.com.br//) | Layout/Design by: Ana Zuky | Todos os direitos reservado ao blog Resenhas Teen