Resenha: A Sombra da Serpente - Rick Riordan - Keu

Título: A Sombra da Serpente;
Série: As Crônicas dos Kane #3;
Autor (a): Rick Riordan;
Editora: Intrínseca;
Páginas:  350,       Nota: 5/5;


Sadie e Carter são importantes descendentes da Casa da Vida, uma sociedade secreta de magia estabelecida no Egito ainda no tempo dos faraós. Os irmãos sabem que sua herança ancestral lhes reserva um importante papel: seus poderes são fundamentais para a restauração do Maat, a ordem do universo. Mas, uma vez instalado, o Caos é imprevisível, incalculável e incontrolável, e agora que Apófis está livre os Kane têm somente três dias para evitar que a serpente destrua o planeta. Como se isso não bastasse, a sorte deles parece só piorar.Os magos estão divididos. Alguns deuses egípcios estão enfraquecendo e, um a um, começam a desaparecer. Walt, um dos mais talentosos combatentes da Casa do Brooklyn, foi amaldiçoado, e sua energia vital está se esvaindo. Zia agora é responsável por Rá, o deus sol, que está completamente senil e não será de grande ajuda. Sadie e Carter, ao lado de alguns jovens magos e uns poucos aprendizes, são os únicos dispostos a enfrentar a serpente e salvar o mundo.


Leia também a resenha da Lary: (www)


Quando se lê uma série, o livro mais esperado é o último, e a gente realmente espera tudo dele. Depois de tantas aventuras Sadie e Carter estão em sua última missão.

Depois de enfrentar Set, o deus do caos, eles agora enfrentarão um inimigo muito pior: Apófis, o Lorde do caos. Sua essência é a desordem e ele quer destruir o mundo, leva-lo de volta ao tempo onde não havia nada sobre a terra além de um mar de caos.

E Sadie e Carter parecem ser os únicos que podem detê-lo. Eles partirão agora na missão mais perigosa de todas, pois se fracassarem, não existirão mais pra lamentar a derrota.

A Casa da Vida se encontra desunida, os deuses desconfiados, a batalha se aproxima e tudo depende deles encontrarem a sombra da serpente.

Será que eles vão conseguir? E Walter que se encontra a beira da morte, vai encontrar uma cura? E Amós conseguirá unir a Casa da Vida, para a guerra?

Todas essas perguntas e muitas outras serão respondidas no ultimo livro das Crônicas dos Kane – A sombra da serpente.

Não posso negar que me apaixonei pela série. Depois de Percy Jackson, não achei que Riordan pudesse me surpreender ainda, mas conseguiu. Essa série merece nota 10, e se possível até 11.

Quando leio uma série sempre gosto de perceber um certo amadurecimento nos personagens, e percebi isso nos livros de Rick Riordan. Carter e Sadie amadureceram bastante, já não são mais os mesmos de A pirâmide vermelha. São mais corajosos, mais confiantes, mais unidos, mais... “adultos”.

Esse livro surpreende, pois quando você pensa que entendeu tudo, você não está nem na metade. Há tanta coisa que é difícil dizer o que é mais interessante. Mas gostei principalmente de duas coisas. Primeiro, claro, da forma como ele desenrolou a história, sem pressionar em nada ou exagerar, mas de forma suave e até leve. E segundo, que nesse livro os outros personagens pareceram participar mais da história.

Falando em personagens, também vão aparecer alguns novos, entre eles Setne, um mago muito espertinho que vai aprontar bastante.

Por fim, só tenho a dizer que Rick Riordan soube fechar a série com chave de ouro. Aliás, fechar não, já que no final, parece que a história não acabou e que ainda vai acontecer muita coisa...

Comentários

  1. Ah eu adorei o Setne <3 e o livro também, a trilogia, o autor... Considero imperdível, dei boas risadas e me encantei.

    Um beijo
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Setne é muito engraçado, todo maluquinho e genioso. Não tem como não rir com ele.
      Beijo querida, Keila Ladeia.

      Excluir
  2. Eu estou acompanhando "Os heróis do Olimpo" e sou fã do Rick desde "Os Olimpianos", mas confesso que olho para essa série com desconfiança... O Egito consegue ser mais complexo que a Grecia e Roma pelo distanciamento temporal e geográfico. Fico com medo do que vou encontrar... Eurocentrismo? Babaquices Egiptomaniacas? Faraós brancos de olhos azuis? Mas sua resenha favorável já me deixou com vontade de largar de ser preconceituosa e desbravar essa aventura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já li várias histórias que se passam no Egito e sempre fiquei meio confusa com algumas coisas. Mas Riordan apresenta tudo de um jeito tão leve e bem-humorado que te encanta e prende. Quanto aos faraós e coisas do gênero não precisa se preocupar, a história se passa na era moderna e viaja pelo mundo todo. Espero que goste do livro.
      Beijos, Keila Ladeia.

      Excluir

Postar um comentário

Olá leitor!!!
Obrigada por dividir sua opinião :*
Saiba que seu comentário muito provavelmente vai me deixar (Laryssa) pulando de alegria (literalmente, sou beeeeem exagerada :p).
Se você quiser que ele seja respondido, deixe um link, caso contrário, eu o responderei aqui mesmo no blog, tudo na medida do possível.
Beijoooooos *-*

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha: Enquanto Houver Vida Viverei - Laryssa e Milena

Resenha: Letras Finais - Luís Dill - Gui

Resenha: A Outra Face - Deborah Ellis - Gui