Resenha: Herdeiro da Névoa - Laryssa

Olá pessoas! Desculpe pela resenha de hoje não ser lá essas coisa de bem escrita, mas espero que gostem, pois o livro é extremamente interessante, apesar de pecar no desenvolvimento.

Título: Herdeiro da Névoa;
Autor (a): Raquel Pagno;
Editora: Chiado;
Páginas: 254,                      Nota: 3/5

Inácio Vaz mal podia acreditar no sonho que se realizava. Acabara de chegar à Paris com algumas moedas no bolso e a grande vontade de se tornar advogado. Depois de ser surpreendido pela beleza de Chloé Champoudry, enquanto esperava pela entrevista que lhe garantiria a bolsa de estudos na Sorbonne, e encantado pela garota dos cabelos de fogo, trocara equivocadamente Direito por Artes, para poder estar em sua companhia. [...] Preso em um leque de mentiras e suspense, Inácio trava uma luta com sua própria consciência, enquanto apaixonado, procura pela garota que lhe roubara o coração. 


"Herdeiro da Névoa", de Raquel Pagno, em realidade remete ao nome apenas no contexto de poeta, pois sua história é bem mais profunda, contada de maneira exemplar, porém, infelizmente breve.

A narrativa da Raquel é incrível, permite que entremos no mundo que criou e possamos digerir os detalhes. De maneira opor vezes direta e outras poética, garante que não percamos detalhes do mistério do enredo.

E dito isso, aconselho a todos não lerem a sinopse, caso ainda não o tenham feito. Sinto que a emoção teria sido bem maior se eu já não tivesse ideia dos motivos de confusões acontecidas nos primeiros capítulos.

O mais estranho é que em livros narrados em primeira pessoa, temos a tendência a criar laços e entender a personagem principal. Nem preciso comentar, já pelo tom da frase anterior, que com "Herdeiro da Névoa" não foi assim.

Inácio, ou como ele vem a ser chamado durante o livro, não é cativante e sim dramático. É possível sentir sua angustia e ver quando realmente se esforça a pensar, porém, sua disposição para enganos e acreditar em quem quer, fez dele um ser irritante.

O que remete aos outros. Não sei se fui apenas eu, mas ao fim do livro, senti como se a autora tivesse tido a necessidade de fazer de certas personagens inocentes, quebrando certo encanto da trama. Ou talvez isso seja coisa da minha cabeça e eu sim, fui enfeitiçada pelos demais.

O real problema que cercou o livro foi à falta de desenvolvimento, ou melhor, dizendo, a rapidez dele. Com a escrita que a autora tem e a quantidade de "pano para manga", o livro poderia ser bem maior, com mais aprofundamento nos sentimentos dos personagens e acima de tudo, poderia ter desenvolvido mais as razões e até mesmo ações conseguintes da trama.

O caso é que o enredo, o qual não vou resumir, é fascinante por um lado e confuso por outro. Voltando ao fato do livro ser narrado por François (quem leu entenderá a contrariedade de minhas afirmações), algumas coisas acontecem e ficam embaralhadas aos nossos olhos após alguns dizeres, porém, misteriosamente, a personagem não parece achar estranho dormir com alguém e depois descobrir que ela morreu.

Claro que como todo bom livro, quebramos a cara no decorrer e fim, pois como muitos outros, ele lança pistas falsas e nos permite ter conclusões precipitadas, para depois ficarmos de queixo caído perante toda a reviravolta.

E é aí que se encontra o ponto forte desta história. Quando acabei de lê-la, peguei-me pensando: "como diabos ela pensou nisso?". Nada é o que parece ser, e apesar e acostumados com gêneros cujas tramas envolvam pistas, ele segue um padrão que estou a chamar de mudança de foco.

Não posso explicar porque, afinal de contas isso seria spoiler do final. Apenas o que digo é que ao contrário de livros que assim se constituem, ele não decepciona e é exatamente no fator sobrenatural que ele encontrará um fim por deveras satisfatório, por mais que simples racional e real.

Recomendo "Herdeiro da Névoa"? Sim, para aqueles que estão cansados de ler livros cujos "bandidos" já se mostram para nossas acostumadas mentes desde o principio e para todos que dispensam clichês e procuram assim, algo em que se apegar.

Comentários

  1. Laryssa, obrigada pela resenha! Vou tentar desenvolver melhor as minhas estórias no futuro. ;)
    Bjux!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero não ter ofendido de qualquer forma! Beijos!

      Excluir
    2. Imagina Laryssa, de jeito nenhum! Você precisa ser sincera, pra mim é importante para tentar corrigir minhas falhas. ;)
      Gostei bastante da resenha! Bjux!

      Excluir
  2. Hey flor!

    Olha, o livro até parece interessante, mesmo com o lado ruim. Mas sei lá, não parece meu tipo de história... Talvez depois eu arrisque a leitura, tenho gostado muito dos nacionais que li.

    Um beijo
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Nanda!
      Realmente, não só o tema, mas a maneira com que a autora aborda os suspenses da história, podem causar estranhamento para algumas pessoas.
      Mas leia quando tiver oportunidade, como você mesma disse, ele é bom, apesar dos pontos ruins!
      Beijos! :*

      Excluir
  3. To meio sumida, eu sei x.x rs Esse livro parece ser bem diferente, sem clichês?! Difícil encontrar originalidade hoje em dia, já inventaram de tudo! rs curti ^^ XD te indiquei em uma tag http://coisasdebelaa.blogspot.com.br/2013/09/tag-incentivo-leitura.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sumida é pouco dona Bela! kkkkk
      Sério pessoa, sem clichês, ao menos eu nunca li nada parecido com ele.
      Obrigada pela tag!
      Beijos :*

      Excluir
  4. Oie!! Tudo bem?
    Eu acabei de ler esse livro da Raquel! Esse pra mim foi uma maravilhosa leitura, a escrita da Raquel é linda. A história é intrigante, misteriosa e surpreendente!!
    Parabéns pela resenha! Muito bem escrita! Algumas coisas eu não concordo muito! Mas opinião é opinião!
    Vou deixar o link da minha aqui: http://overdoselite.blogspot.com.br/2014/03/resenha-herdeiro-da-nevoa-raquel-pagno.html
    Vai lá e dá sua opinião! Gostaria da opinião de leitores dela, assim como os futuros também!
    Retribuo Visitas!
    Beijos
    Paulinha Juliana
    Blog Overdose Literária!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Olá leitor!!!
Obrigada por dividir sua opinião :*
Saiba que seu comentário muito provavelmente vai me deixar (Laryssa) pulando de alegria (literalmente, sou beeeeem exagerada :p).
Se você quiser que ele seja respondido, deixe um link, caso contrário, eu o responderei aqui mesmo no blog, tudo na medida do possível.
Beijoooooos *-*

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha: Enquanto Houver Vida Viverei - Laryssa e Milena

Resenha: Letras Finais - Luís Dill - Gui

Resenha: A Outra Face - Deborah Ellis - Gui