Resenha: A Cadeira de Prata - C.S. Lewis - Gui

Oi leitores do blog! É, sou eu de novo! Tudo bem com vocês? Trago para vocês mais uma resenha das série As Crônicas de Nárnia, espero que gostem!

Título: A Cadeira de Prata
Série: As Crônicas de Nárnia – Vol. 6
Autor: C.S. Lewis
Editora: Martins Fontes
Páginas: 208

"Como se chega até lá?, perguntou Jill, tentando encontrar um jeito qualquer de fugir daquela escola horrível. Do único modo possível, sussurrou Eustáquio, por magia. Então deram-se as mãos e, concentrando toda a sua força de vontade para que algo acontecesse, viram-se de repente à beira de um alto precipício, muito acima das nuvens, na terra encantada de Nárnia. Assustada e confusa, Jill fica horrorizada ao ver Eustáquio perder o equilíbrio e cair. Imediatamente, porém, ela sente ao seu lado uma presença calorosa. Era o Leão.”




O livro A Cadeira de Prata foi o quarto livra da série a ser publicado, mas, cronologicamente, ele é o sexto na ordem de leitura.

Após a sua última aventura ao lado dos seus primos Edmundo e Lúcia, Estáquio se vê de volta a sua vida normal, ou seja, aos estudos. Em sua escola há uma garota chamada Jill que, um dia, ele acaba encontrando ela chorando sozinha; após algum tempo, ele acaba contando sobre Nárnia para ela e sobre seu desejo de voltar para lá; e juntos, mesmo sem saber, os dois iniciam a maior a ventura de suas vidas.

“Chorar funciona mais ou menos enquanto dura. Porém, mais cedo ou mais tarde, é preciso parar de chorar e tomar uma decisão” 

Chegando a Nárnia, eles descobrem que já se passaram mais de 70 anos da última aventura em que Estáquio esteve junto com seus primos. Eles descobrem que o rei Caspian X já está muito idoso e que seu filho e herdeiro do trono, o príncipe Rilian, está desaparecido há anos.

Ao comando de Aslam, os dois partem por conta própria em busca do príncipe Rilian, tendo como acompanhante um velho e pessimista paulama chamado Brejeiro. Seguindo pelas terras do norte e enfrentando os perigos do caminho.

“É engraçado: quanto mais uma pessoa está com sono, mais tempo leva para cair na cama.”

Bem, o penúltimo livro tem aquele gosto de “Ufa, só falta mais um” junto com “Não! Só falta mais um!”. A série foi ótima, cada livro tinha uma nova surpresa, mas A Cadeira de Prata foi um dos melhores! 

A aventura de Estáquio, Jill e Brejeiro foi uma das mais difíceis. O modo com o enredo se desenvolveu me surpreendeu. Alguns momentos era uma leitura chata, mas em outros despertava minha curiosidade e atenção.

Talvez você não esteja aonde queria estar; mas tome cuidado para não se distrair, você pode perder a entrada para um novo mundo...

Boa leitura!
Paz. :D

Comentários

  1. Oi!
    Adorei a resenha!
    Eu gosto muito desse livro. A BBC (eu acho), fez até uma série só para a TV desse livro e eu pude assistir e adorei.
    Realmente, essa aventura deles é uma das mais arriscadas.

    Beijusss;
    http://hipercriativa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Que bom que gostou.
      Nárnia é tudo de bom. Eu já ouvi falar da série de TV, mas infelizmente eu não assisti.
      Obrigada pelo seu comentário!
      Paz

      Excluir
  2. Heey!

    Narnia é incrivel! Gosto muito desse livro, mas nao está entre meus favoritos dos sete nao. Talvez porque eu nao sou la muito fa do Eustaquio!

    Um beijo
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Nárnia é top!
      Eu gostei muito do livro, mas ele dá aquela sensação de ausência porque não há mais nenhum dos irmãos Pervensie.
      Obrigada pelo seu comentário.
      Paz

      Excluir

Postar um comentário

Olá leitor!!!
Obrigada por dividir sua opinião :*
Saiba que seu comentário muito provavelmente vai me deixar (Laryssa) pulando de alegria (literalmente, sou beeeeem exagerada :p).
Se você quiser que ele seja respondido, deixe um link, caso contrário, eu o responderei aqui mesmo no blog, tudo na medida do possível.
Beijoooooos *-*

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha: Enquanto Houver Vida Viverei - Laryssa e Milena

Resenha: Letras Finais - Luís Dill - Gui

Resenha: A Outra Face - Deborah Ellis - Gui