4 de ago de 2013

Resenha: Herdeiro dos Sonhos - Matheus B. Teixeira - Laryssa

Olá pessoas, hoje venho com a resenha do livro "Herdeiro dos Sonhos", que atualmente é minha releitura e que recomendo imensamente à vocês. Espero ter sido coerente no que escrevi, porém não garanto :/

Título: Herdeiro dos Sonhos;
Autor (a): Matheus Borges Teixeira;
Editora: Novo Século/Novos Talentos da Literatura Brasileira;
Páginas: 366;                    Nota: 4/5;
"Todas as pessoas têm o potencial de alcançar seus sonhos, cabe a cada um encontrar dentro de si o que pode fazê-lo... despertar." 
"Após a tempestade, um rapaz acorda na praia completamente sem memórias. Enquanto tenta descobrir quem é e o que ele tem que fazer, suas ações irão revelar segredos escondidos por milhares de anos. Por conta de uma seqüência de acontecimentos misteriosos e sombrios, a vida de várias pessoas mudará para sempre quando se envolverem no despertar do mais sombrio e profundo segredo da cidade. Herdeiro dos Sonhos é uma narrativa fantástica que leva o leitor a ponderar sobre a dificuldade de encontrar seu lugar no mundo. Aos poucos o autor mostra como a vida de diversas pessoas pode mudar completamente ao se envolverem e como elas podem se complementar. Pode não haver um propósito nas dificuldades que acontecem, porém a verdadeira força e capacidade de fazer a diferença está no modo de enfrentá-las, pois não importa o que você é, mas sim o que pode fazer."

Por onde começar sem que me chamem de doida?

O livro “Herdeiro dos Sonhos", escrito por Matheus Borges Teixeira, publicado pela editora Novo Século em 2012, é extremamente peculiar, original e ao mesmo tempo fascinante em sua estranheza.

A história nos é contada através do estilo de escrita conhecido como não linear, onde as vidas dos personagens são mostradas em fragmentos do passado, presente e futuro de forma embaralhada, ou seja, uma página totalmente desconexa no inicio do livro, pode ser a continuação de uma "cena" que ocorrerá no fim e parará abruptamente, exigindo completa atenção durante a leitura e tornado o livro complexo.

Surpreendentemente (para mim), o que deveria tornar o livro cansativo e lento, acabou por fazê-lo uma espécie de desafio. No momento em que comecei a me enraivecer por este meio de narração, unido ao pouco manifesto de detalhes, decidi "deixar-me levar" e ver onde o emaranhado de pré-conclusões e brechas poderiam dar. Ponderarei mais sobre isso logo.

Mudando o assunto - talvez erroneamente - continuo o pensamento sobre a suposta lentidão com que a história se desenrola. Aos meus - já bastante mencionados ultimamente, não concordam? - olhos, a narrativa ao estilo 21 Gramas, filme que o autor citou como inspirador para sua obra literária, foi a causadora de tal impressão. Graças as constantes mudanças de tempo, por vezes tudo parece sem propósito, às personagens expressam sentimentos contraditórios e o que antes era lento, passa a ser repentino em demasia. Utilizo a palavra "impressão" por crer que ao ler o livro em sua determinada ordem, apesar de determinadas perguntas se acentuarem alarmantemente, creio que essa conclusão não existiria.

O que quero realmente dizer - de forma excessivamente extensa, porém é a milionésima vez que tento escrever essa resenha para que seja um texto minimamente coerente - é que não vi neste estilo um empecilho, sequer um incômodo como pode parecer inicialmente, e sim, um ligeiro desafio de compreender a história sem ter de ficar voltando ou "roubando momentos" do livro. A conclusão foi uma curiosidade aterradora e minhas engrenagens mentais a todo vapor.

Acabou que por este caminho, o autor nos proporcionou conhecer todos os personagens, sob diversos aspectos, porém um ponto negativo em relação à eles, é que este esquema os fez um tanto vagos e incompreensíveis.

O que mais me impressionou além do sentido não linear, foram os elementos que o autor soube misturar com maestria, estando entre eles o fator sobrenatural, junto com um suspense (que me fez apreensiva), e minha tão amada fantasia. Outro ponto a ressaltar é que há apenas poucos momentos de romance que sinceramente não foram muito bem construídos.

No geral, não é segredo para ninguém que basta não encontrar um "milímetro" de clichê em um livro para que ele me conquiste. Portanto, a trama bem desenvolvida e as peculiaridades do livro foram apenas um "bônus". Caso não tenha ficado claro - nunca fica, desculpem por essa incapacidade que tenho - recomendo a leitura de "Herdeiro dos Sonhos" sem piscar, pois por mais complicada que a história pode parecer em um primeiro momento, o conjunto em si compensa.


Quanto ao trabalho da editora, logo mais farei um post falando sobre ele, juntamente com fotos dos detalhes do livro - que já devia ter sido feito :'( - assim alguns links estão aqui mesmo, para que não se prejudiquem. Por hoje era isso, espero que não tenham se chateado com minha imensa falta de jeito com as palavras. Beijos e até mais :P
Site | Submarino | Saraiva | Promoção | Skoob

4 comentários:

  1. Adorei a crítica! Muito obrigado pela resenha! Abraços!
    Matheus.

    ResponderExcluir
  2. Olá.
    Nossa na verdade suas palavras ficaram boas Ly ^^
    Olha a capa chama atenção e a sinopse também mas pelo que vi é meio cansativo porém é legal.
    Mesmo com sua resenha me chamou só que não chamou atenção...difícil né? rsrs
    Parabéns pela sua opinião e é bom para a construção do autor em que melhorar ^^
    bjs
    Tamires C.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você se gentil como sempre, né dona Tatá?
      Entendo a contrariedade, é sempre assim kkkkk
      Obrigada pelo comentário, beijos =*

      Excluir

Olá leitor!!!
Obrigada por dividir sua opinião :*
Saiba que seu comentário muito provavelmente vai me deixar (Laryssa) pulando de alegria (literalmente, sou beeeeem exagerada :p).
Se você quiser que ele seja respondido, deixe um link, caso contrário, eu o responderei aqui mesmo no blog, tudo na medida do possível.
Beijoooooos *-*

Código by: The Dawn of Art Designs(http://thedawnofartdesigns.blogspot.com.br//) | Layout/Design by: Ana Zuky | Todos os direitos reservado ao blog Resenhas Teen