3 de jul de 2013

Resenha: Sangue Quente - Isaac Marion - Rafa

Em um algum momento da história, os zumbis apareceram e agora o mundo está destruído. Os humanos normais fugiram para dentro de enormes estádios de futebol e lá criaram suas pequenas comunidades. Mas nossa história é contada do ponto de vista de R, um zumbi que se arrasta como os outros, caça como os outros, come carne e cérebros (a mais fina iguaria) como outros, mas que às vezes, tem sonhos de como era ser humano, tenta se lembrar de sua vida anterior e filosofa sobre isso.

Título: Sangue Quente;
Série: Título indefinido;
Autor (a): Issac Marion;
Páginas: 256;
Editora: Leya Brasil;

R é um jovem vivendo uma crise existencial - ele é um zumbi. Perambula por uma América destruída pela guerra, colapso social e a fome voraz de seus companheiros mortos-vivos, mas ele busca mais do que sangue e cérebros. Ele consegue pronunciar apenas algumas sílabas, mas ele é profundo, cheio de pensamentos e saudade. Não tem recordações, nem identidade, nem pulso, mas ele tem sonhos. Após vivenciar as memórias de um adolescente enquanto devorava seu cérebro, R faz uma escolha inesperada, que começa com uma relação tensa, desajeitada e estranhamente doce com a namorada de sua vítima. Julie é uma explosão de cores na paisagem triste e cinzenta que envolve a "vida" de R e sua decisão de protegê-la irá transformar não só ele, mas também seus companheiros mortos-vivos, e talvez o mundo inteiro. Assustador, engraçado e surpreendentemente comovente, Sangue Quente fala sobre estar vivo, estando morto, e a tênue linha que os separa.

 
"Estou morto, mas isso não é tão ruim. Aprendi a conviver com isso. Desculpe não me apresentar da forma correta, mas não tenho mais um nome."

Zumbis não são algo que me atrai. Eles são o estágio mais primitivo do ser humano,  não tem sentimentos, não tem memorias, nem consciência, só fome. Entretanto "R" é um zumbi diferente, ele não se lembra e nem sente. Mas se questiona, e esses questionamentos levam R a salvar Julie; Uma garota que se encontrava no meio de uma guerra de sangue entre zumbis e humanos. Ela para escapar de ser morta, aceita ficar um tempo em companhia de R. Ai desenrola a história, que graças a indicação de um amigo cheguei a conhecer. Ela é contada em primeira pessoa pelos pensamentos de R. 

Algo que gostei do livro foi a ideia do autor de passar mais que uma história de amor entre uma humana e um zumbi. É uma verdadeira crítica contra a sociedade, ele usa de certa filosofia para transmiti-la.

Vemos em jornais o quanto o ser humano esta se alto destruindo. Onde vamos parar? Existe um "depois" do fim do mundo? Será que teremos uma chance de nos redimir? "Sangue Quente" responde essa perguntas de acordo com a brilhante imaginação do escritor. O "depois" de Isaac envolve zumbis - bem nojentos pode-se dizer- um em especial. R pode ser a salvação de uma sociedade que se afundou na ideia de "sobreviver" em vez de "viver". Ele começa a pensar e se perguntar, passa a sentir.

Julie vai se juntar a R nestes questionamentos e talvez encontrem uma salvação.

"Não sei o que aconteceu. Doença? Guerra? Colapso social? Ou apenas nós acontecemos? Os Mortos substituindo os Vivos? Acho que isso talvez não seja tão importante. Quando você chega ao fim do mundo, não interessa muito que caminho pegou para chegar lá."
Memórias. É algo que tentamos preservar para o resto da vida, seja através de um diário, fotos ou vídeos. Contudo, até que ponto o cérebro guarda essas recordações? Esse foi outro aspecto que Isaac utilizou como tema. Ao comer os cérebros das pessoas, zumbis tem visões das memórias daquela determinada pessoa. Sem conseguir lembrar de sua vida, R tenta resgatar as lembranças de uma pessoa em especial (qual não citarei por ser spoiler), para conquistar a confiança de Julie. Mas obvio que essa união não será aceita nem pelo mortos-vivos ou pelos humanos, criando diversos problemas e possíveis aceitações.

Apreciei muito esta obra. Tanto por sua história e escrita, quanto por sua mensagem. Isaac crítica nosso modo de vida, fazendo com que nos deparemos com momentos de reflexões. Recomendo para todos que gostam de romance e ficção.

O autor trabalha atualmente no livro que conta a causa da apocalipse mundial que já tem nome. "The New Hunger" vamos esperar o que vem por ai!!!!

4 comentários:

  1. Se você soubesse o quanto que eu estou louca pra ler esse livro.... rsrrs Quero compra-lo o mais breve possível! Adorei sua resenha, fiquei com mais vontade ler hehe

    Beijos!
    http://viajantesdaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada. Leia é muito bom. Mas leia antes de ver o filme, por que se não você vai perder a vontade de ler. Estragaram toda a história =S

      Excluir
  2. Eu sempre tive um pe atras sabia? Tinha lido algumas resenhas bem negativas e acabei desanimando. Mas ai de vez em quando me deparo com uma assim: varios elogios! Ai me arrependo kkkkk sou meio bipolar quando se trata desse livro!

    Beijokas
    escolhasliterarias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AAAA Eu acho que vai de gostos né. Tem livros que 90% das pessoas amam e eu detesto, ou ao contrário kkkkk
      Mas leia, vale a pena.

      Beijos

      Excluir

Olá leitor!!!
Obrigada por dividir sua opinião :*
Saiba que seu comentário muito provavelmente vai me deixar (Laryssa) pulando de alegria (literalmente, sou beeeeem exagerada :p).
Se você quiser que ele seja respondido, deixe um link, caso contrário, eu o responderei aqui mesmo no blog, tudo na medida do possível.
Beijoooooos *-*

Código by: The Dawn of Art Designs(http://thedawnofartdesigns.blogspot.com.br//) | Layout/Design by: Ana Zuky | Todos os direitos reservado ao blog Resenhas Teen