4 de jan de 2013

Resenha: Esquinas do Tempo - Pedro

Título: Esquinas do Tempo;
Autor (a): Rosa Lobato de Faria;
Editora: Landscape;
Páginas: 184;
Status no Fim da Leitura: Admirado;

Margarida, uma jovem professora de matemática de Lisboa, vai para a Vila Real proferir uma palestra e fica hospedada em uma pousada. Em seu quarto, está pendurada uma pintura de um homem muito parecido com Miguel, sua atual paixão. Na manhã seguinte, por um inexplicável mistério, ela acorda cem anos atrás, na casa de seus antepassados. Sem perder a consciência de quem é, ela odeia esta volta no tempo, mas aos poucos vai se adaptando. Conhece o homem do quadro e apaixona-se por ele. Após um acidente fatal, Margarida regressa ao presente.
Romance simultaneamente poético e fantástico, As Esquinas do Tempo é mais uma prova do indiscutível talento literário de Rosa Lobato de Faria.



Margarida vai a um congresso em uma cidade do norte. Resolve passar a noite numa hospedaria de propriedade de três irmãs. Uma casa antiga transformada em hotel. No quarto em que fica hospedada há o quadro de um homem muito sensual, com um olhar perturbador e que parece perseguí-la nos menores movimentos. Ela se sente meio estranha, vendo e ouvindo coisas e acha que exagerou no vinho durante o jantar. Mas no dia seguinte acorda 100 anos no passado, na mesma cama, no mesmo quarto. Só que sem o retrato perturbador e sem os confortos modernos. Mais perturbador é  o fato de que mantém todo o conhecimento de quem é e de onde veio. Ela então percebe que o quarto deve ser uma das esquinas do tempo – um lugar onde o tempo corre de forma diferente e você pode navegar nele (achei super poético o modo de Rosa chamar de esquina do tempo o que muitos chamam de portal).
Margarida, apesar de estranhar, não se desespera nem amaldiçoa… ela fica calma e segue como se fosse tudo supernormal, entra no ritmo da casa e vai se colocando a par do que está acontecendo e toma cuidado para não se entregar e acabar sendo considerada louca… É então que aparece Miguel! Miguel que é parecido com o homem com quem está saindo no presente… um homem casado com quem está tendo um caso. Miguel, no passado, é sobrinho de um juiz que está noiva da irmã caçula de Margarida. Margarida o seduz e os dois se envolvem e se apaixonam e resolvem se casar. Tudo no espaço de três meses.
Enquanto Margarida está no passado, sua mãe e Pedro, um professor de Matemática que é apaixonado por Margarida, a procuram e ficam preocupados com seu desaparecimento. A mãe dela percebe que a pousada onde ficou hospedada é a antiga propriedade de sua família, onde viveu sua tia-avó Margarida. Vamos assim, fechando um pouco o círculo e entendendo o que se passa. E vamos também percebendo que Margarida e Miguel têm história que passa de uma vida a outra. E quando ela volta ao presente, essa ligação se faz mais forte e linda.

Gostei do modo como vamos acompanhando os acontecimentos no passado e no presente e o modo como Margarida tenta buscar respostas no presente sobre o que aconteceu no passado depois de sua volta. É um livro instigante e interessante e que deixa muitas questões para o leitor ficar pensando. E com um final muito poético!

2 comentários:

  1. Achei o livro demais, gostei mesmo, e realmente o fato del chamar portal de 'esquina do tempo' deu todo um charme e um forte diferencial.
    Muito bom mesmo.

    Bjão!

    livronasmaos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi!
    Esse livro parece ser bastante poético.
    A leitura flui bem ou ele é cansativo?
    Até +

    ResponderExcluir

Olá leitor!!!
Obrigada por dividir sua opinião :*
Saiba que seu comentário muito provavelmente vai me deixar (Laryssa) pulando de alegria (literalmente, sou beeeeem exagerada :p).
Se você quiser que ele seja respondido, deixe um link, caso contrário, eu o responderei aqui mesmo no blog, tudo na medida do possível.
Beijoooooos *-*

Código by: The Dawn of Art Designs(http://thedawnofartdesigns.blogspot.com.br//) | Layout/Design by: Ana Zuky | Todos os direitos reservado ao blog Resenhas Teen