Por que só agora? - Por Gabriel Colle

Sabe pessoinhas, tem vezes em que nós estamos meio perdidos e precisamos de algo que nos faça refletir. E para esses dias, eu recomendo todos os textos do Gabriel Colle. Por isso, eu (Lary) estou postando esse hoje. Talvez você se identifique. Talvez ache bobagem. Talvez ele seja exatamente o que você está precisando. Deixando de enrolação, um beijo a todos.


By Ggabriel Colle:

Entramos no mês de dezembro, um período em que muitos param para avaliar o seu ano, suas atitudes, seus relacionamentos, suas conquistas e tudo que vem acontecendo em sua vida. Agimos como se isso não pudesse ser feito em outro momento do ano, psicologicamente definimos um período específico para refletir e repensar.

A proximidade com o Natal e as festividades de final de ano nos remetem a uma espécie de “nostalgia”. Ficamos mais sensíveis, mais reflexivos e passamos a ter atitudes um pouco “mais humanas”, digamos assim. Mas porquê será que precisamos de uma data, de um motivo especial para sermos melhores? Para lembrarmos do nosso próximo, para visitar crianças em um orfanato, para fazer doações em bairros carentes, para conhecer a realidade dos outros.

Por que precisamos realizar uma brincadeira como “amigo secreto”, por exemplo, para então dizer ao nosso colega o quanto ele é especial para nós?

Atitudes como essas podem ser feitas a qualquer momento do dia e do ano.

Pense nisso e comece já!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha: Enquanto Houver Vida Viverei - Laryssa e Milena

Resenha: Letras Finais - Luís Dill - Gui

Resenha: A Outra Face - Deborah Ellis - Gui