Resenha: Asas - Explicação da Leitura - Laryssa


Título: Asas;
Série: Fadas #1;
Autor (a): Aprilynne Pike;
Editora: Bertrand Brasil;
Páginas: 294;

Laurel foi encontrada na porta da casa de seus pais adotivos e sempre estudou com a mãe. Aos quinze anos, após se mudar para uma nova cidade e se matricular em uma escola, sua vida muda completamente. Para começar, desde sempre solitária, ela ganha um grupo de amigos e um admirador apaixonado, David. E isso será apenas o início. À primeira vista, Laurel é uma garota comum, com os problemas de qualquer adolescente. O que a diferencia, porém, é ter um segredo maravilhoso e perigoso: ela é uma fada e tem a missão de proteger o portal de Avalon.




Em primeiro lugar (uso muito essa frase) essa resenha é um tipo de explicação do por que de eu abandonar o livro, destacando os pontos positivos para que vocês não o abandonem.



Eu parei de lê-lo, apesar de não ter marcado no Skoob, na página 235. É bem no fim. E isso, só por que alguém já tinha me contado a história toda, inclusive o fim.
gora, sem explicações, vamos a minha opinião. A idéia inicial da autora, para mim foi inédita, original e genial. Simplesmente demais.



Ponto ruim: inédito demais. Ela criou, em base em uma coisa, em um mundo secundário, algo inteiramente novo, fazendo com seja necessário nós nos educarmos sobre o universo das fadas novamente, esquecendo praticamente tudo que já aprendemos. Fiquei um pouco perdida nesse aspecto. Porem, o mundo criado por ela foi mais interessante e saiu totalmente do cerco de clichê.


Em se tratar dos personagens, digo que Laurel, é um pouco bipolar a meu ver. Uma hora está perdida, outra feliz, hora confusa e logo com raiva de uma coisa insignificante. Porem o que realmente me incomodou, foi o jeito um tanto meloso que a história foi contada no inicio do livro. No entanto, a autora tendeu a melhorar.


E a também o ponto do cenário ser um pouco diferente do normal. Certo, há toda aquela coisa de ela ter uma grande tarefa pela frente, mas a autora não se mantém muito presa a isso. O que é bom, pois me cansaria facilmente se ela retornasse ao mesmo assunto sempre.


Há também, algumas questões de família envolvidas no livro. A maneira como cada uma age, e a displicência dos pais fadas. Esse foi um ponto bom de a autora esclarecer.


Atenção Leitores de Primeira Viagem: Vocês vão gostar do livro. Olhando pelo lado positivo do livro, a leitura dele flui facilmente e a sempre aquela pulga atrás da orelha sobre o que vai acontecer. E é isso o necessário para agradar alguém que ainda procura uma ancora para permanecer no mundo da leitura. Algo que chame atenção seja palpável e o impressiona com a destreza da escrita.


Pulando de saco para mala, digo que não ouve erros ortográficos ou gramáticais graves!!! O que é simplesmente ótimo, pois eu não os suporto.


Agora, me deixem por para fora uma coisa. Esse é um resumo básico do que eu li, sem que eu fale completamente mal do livro, então, não é exatamente necessário ler o que há abaixo. Pretendo fazer um post aberto com a Priscila sobre isso.

Desabafo. Os triângulos amorosos: Será que não existe um livro juvenil em que não aconteça um? Tudo bem, eu gosto do jeito de mistério que sempre gira em torno disso, porem falando sério. Eu quero que eles tenham consistência. Não sou muito fã dessa coisa de ...eu te conheço há tempos e você só não se lembra de mim, mas eu te amo.... Á, cai na real. Hoje em dia os triângulos amorosos tem ficado cada vez mais fragmentados, deixando a desejar. E sem falar nos garotos alvos. No caso de "Asas" as personalidades deles são praticamente as mesmas que as de "Strange Angels". Porem, no segundo deu certo graças ao tipo de personagem principal.


Enfim, cansei do Tamani e do David. Eles são os típicos carinhas perfeitos, cada um a sua maneira, como o desejo ardente ou o carinho incondicional. E não existe carinha perfeito, só nos contos de fada. Entendeu a ironia? Me toquei agora. Porem, como mencionei antes (eu acho que falei), isso é para aqueles que leram mais de quinze trios amorosos diferentes, que não gostaram de "Diários de Vampiro" e tal.

Comentários

  1. Heello!!
    Primeira visitinha minha aquino blog e me deparo com esse livro que nunca li. E achei super interessante sabe? Ela ter criado um universo novo e tal, mas meio broxante que apesar desse mundo ser totalmente interessante e diferente ela tenha conseguido dar uma estragada com romances melosos e o triângulo amoroso "de sempre" :((.
    Bom, gostei bastante da resenha e da sua sinceridade a escrevê-la. Quanto aos que vocês estão lendoo, eu amei três desses que eu li, rs. A hospedeira, A menina que roubava livros e Ela foi até o fim, hahaha. Espero que adorem e tenham uma ótima leitura!!
    Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito sua resenha e dos seus motivos, eu já li esse livro e confesso que amei, ele é uma das minhas paixões,acabei de ler o volume 2 e gostei mais ainda, hahaha. Acabei de fazer uma resenha do livro 2, se quiser passar no meu blog para conferir.
    beijos

    www.lendoeesmaltando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Olá leitor!!!
Obrigada por dividir sua opinião :*
Saiba que seu comentário muito provavelmente vai me deixar (Laryssa) pulando de alegria (literalmente, sou beeeeem exagerada :p).
Se você quiser que ele seja respondido, deixe um link, caso contrário, eu o responderei aqui mesmo no blog, tudo na medida do possível.
Beijoooooos *-*

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha: Enquanto Houver Vida Viverei - Laryssa e Milena

Resenha: Letras Finais - Luís Dill - Gui

Resenha: A Outra Face - Deborah Ellis - Gui